Longos dias...

E é quando o sol se começa a pôr que eu gosto mais do dia...
É aí que sinto mais um longo dia a chegar ao fim.
Acalmo as batidas cá dentro, preparo-me, de noite, para ultrapassar o dia seguinte.
Mais um longo dia. Dias secos, áridos os meus...
Alguns parecem desertos.
Por vezes não me apetece falar. Sinto a boca seca.
Sinto a garganta áspera.
Sinto os ouvidos a latejar... É este silêncio ensurdecedor!
Este silêncio que eu entendo mas que me rasga por dentro.
Amanhã é um novo dia.
Mais um longo dia.

2 Vizinho(s) mais amarelo(s):

Joana disse...

Nesses dias em que o silêncio é ensurdecedor devemos fazer coisas que gostemos muito de fazer sozinhas ;)

Beijinhos

Poetic GIRL disse...

Os meus dias também são assim longos parecem não ter fim... bjs