Estranhos Sorrisos vs Real World




Ela, estava sentada na sua mesa favorita, com o seu café favorito… absorta nos seus pensamentos favoritos...
Ele, sentado na mesa ao lado, estava, absorvido na sua indiferença longínqua. Como que magnetizado por um atraimento raro. Como se sentisse que navegava numa "Arca-de-Noé" só dele.
Ela, percebeu que ele usava os óculos que vêem o mundo com outros olhos. Os "óculos mágicos", que conseguem entender outra realidade, daqueles que conseguem ver as insignificantes partículas que pairam no ar, dos que conseguem sentir o cheiro das torradas fresquinhas logo pela manhã, dos que ouvem o silêncio gritante, dos que vivem sobe a luneta mágica que abre a janela cor-de-felicidade dos sonhos, dos que lacrimejam quando vêem a beleza sublime das pequenas coisas,dos que sabem percepcionar a raridade apetecível dos pormenores inócuos que fazem toda a diferenca.
Realizou, que assim como Ela... Ele fazia parte dos privilegiados que conseguem sentir... desejar, a delícia das pequenas coisas.


Coisa estranha esta, que foi invadida por estes dois estranhos, que sem entenderem porquê, sorriram em silêncio. Com aquele sorriso de satisfação permanente, que é próprio dos lunáticos.


Ele, sorriu para Ela, e Ela, devolveu-lhe o Sorriso, e num segundo insólito, mágico, encantador... O “mundo” sorriu com eles.

1 Vizinho(s) mais amarelo(s):

Luny disse...

São estes sorrisos que pairam no ar, deixados no acaso das ocasiões, dirigidos a desconhecidos ou atirados no desconhecido que nos fazem sonhar, ou simplesmente voar para mais longe...

Kiss