Gota&Grão


É por uma gota que saciamos a sede,
É por um grão que matamos a fome,
É por ti que eu vivo,
Porque tu és a minha gota e o meu grão...


(escrito em 06-01-2005 e guardado nos confins do computador)

8 Vizinho(s) mais amarelo(s):

O Fantasma de Chet Baker disse...

Oi Luny,
ainda bem que o "guardado" saiu dos confins do computador! É muito bonito, o poema. Seu blog tb é muito bonito. Se quiser, mas só se quiser, dê um pulinho no meu.

Luny disse...

Olá e bem-vinda!
Obrigada pela visita, pelo elogio ao blog e àquele conjunto de palavras que se limitaram a sair da cabeça naquela altura a que chamaste de poema! Prometo que visitarei o teu blog!

Volta sempre ;)

Vício disse...

sabias que a gota tem tratamento?
já o grão, se for de areia basta descalçar o sapato e sacudir...

Luny disse...

Olá Vício!
Por acaso não estou informada sobre a gota, nem sobre o seu tratamento, mas vou "googlar" isso ;O)
Há grãos de areia que são muito chatos e se colam a pele e tes de esfregar muito para os conseguires tirar!

Obrigada pela visita e volta sempre ;)

Vitor disse...

Então e uma formatação do disco do PC, não!

Tou a brincar, essas coisas até são engraçadas.

Já te falei na campanha de promoções de portateis que esta a acontecer na staples?

Luny disse...

Olá Vítor!
Por acaso o pc nunca foi formatado, mas já precisava!
Ainda não sei de nada dessas promoções, mas nem que soubesse, aqui não há dinheiro nem pra mandar cantar um cego, quanto mais para um portátil novo! ;)

Pérola Negra disse...

Grão a grão... enche a Luny o papo!!!

zita disse...

Jesus!!
Escreves "MUITO"!!Está 1000!!:))