... E eis que Ela bate no pensamento... trazendo a saudade...




"As coisas vulgares que há na vida


Não deixam saudades


Só as lembranças que doem


Ou fazem sorrir


Há gente que fica na história


da história da gente


e outras de quem nem o nome


lembramos ouvir


São emoções que dão vida


à saudade que trago


Aquelas que tive contigo


e acabei por perder


Há dias que marcam a alma


e a vida da gente


e aquele em que tu me deixaste


não posso esquecer ..."

2 Vizinho(s) mais amarelo(s):

Luny disse...

Ai a saudade... ai ai!!!

zita disse...

A saudade vai-nos matando aos poukinhos...morte lenta e dolorosa!!É como se faltasse uma parte de nós!!Nunca mais somos os mesmos...