Colada à cadeira

Podia encher a banheira, de água e de espuma, acender umas velas, deixar-me relaxar. Podia começar hoje a ler o livro novo. Ou então terminar os dois que estão na mesa de cabeceira... Ah! Já sei! Vou comprar um pacote de batatas fritas e devorá-lo! Ou muito melhor, vou comer uma lata de leite condensado à colherada! Se calhar fazia-me bem vestir o fato de treino e ir dar uma volta. Até podia tirar umas fotos. Bom mesmo era regressar hoje ao ginásio! E que tal afundar no sofá junto à lareira? Vou aproveitar e ver filmes. E umas comprinhas? Umas comprinhas ajudam sempre... Não, não, não e não!!

Estou aqui há mais de uma hora a tentar arranjar argumentos, bons argumentos, para ir embora. Estou a tentar convencer-me com as mais diversas ideias e sugestões! Mas não me apetece nada disso! Ou melhor, não me apetece sair daqui. Por isso deixei-me estar, para além da hora, para além do dever. Simplesmente não me apetece ir. Ainda que também não tenha muita vontade, nem motivos para ficar. Acho que vou continuar assim colada à cadeira. Até porque as nuvens de lá de fora continuam tão pretas...

4 Vizinho(s) mais amarelo(s):

Joana disse...

Sabe tão bem de vez em quando ficar quietinha no nosso cantinho...

Beijinhos

Alexandre disse...

Energiza-te rapariga :)

Pérola Negra disse...

Joana: É isso mesmo. Há dias em que só me apetece dizer para me deixarem estar no meu canto.
Beijinhos

Alexandre: Boa! É isso mesmo, toca a ganhar energia! Vou já comprar um red bull pra tomar agora ao pequeno almoço com uma torradinha! :P

Alexandre disse...

Olha que isso faz-te mal ao estomago pah :p