Falar tem que se lhe diga

Muitas vezes abrimos a boca para falar e o que queriamos dizer sai-nos mal. Outras vezes o que dizemos é mal interpretado. Noutras vezes achamos que estamos a ajudar, a aconselhar, a chamar a atenção positivamente, e na verdade estamos é a deixar a pessoa pior. O que queremos transmitir sem sempre corresponde ao que a outra pessoa quer ouvir. Também pode acontecer que a outra pessoa não esteja preparada para o que vai ouvir.
Eu gosto (talvez tenha a mania) de falar bastante, de dar a minha opinião, de alertar... Mas não é uma crítica pura, não tem um sentido negativo, não é com má intenção, como alguns fazem. Não é mesmo! Mas, mesmo assim, há alturas em que corre mal. Cada vez acho mais que isto de falar tem muito que se lhe diga... Por isso o melhor mesmo é algumas vezes não dizer! O melhor mesmo é algumas vezes ficar caladinha!

3 Vizinho(s) mais amarelo(s):

M. disse...

Não concordo! Cada um tem uma missão... é trabalho duro dizer a verdade, ajudar quem precisa, beliscar quando existe preguiça... se o fazes por instinto, então é porque faz parte do que é suposto fazeres... se não tens nas tuas palavras nada mais que ajudar, então as tuas palavras serão entendidas, mais tarde ou mais cedo.

Joana disse...

Sabes, algumas pessoas não gostam de ouvir a verdade porque dói demais.

Beijinhos

hierra disse...

Eu não acho que se deva ficar calado, acho até que se deve falar, porém, muitas vezes as pessoas não estão preparadas para ouvir, levam a mal, ficam zangadas...bem sabendo que temos razão. Só para evitar estes enredos parvos de zangas e amuos é que me calo, ainda assim, contra a minha vontade!