Livre-arbítrio: Bem-me-queres ou mal-me-queres?

E porque o Verão tem destas coisas. E as miúdas cá no Bairro têm uma grande cisma:

(em conversas com a Mikas)
Micas: Pois é, afinal o que é isto do livre-arbitrío?
Bibendum: Ehn? (ò Miquinhas isto é lá conversa para ter na silly season?)

E, claro a cisma instalou-se. O que diria o Nietzsche de tudo isto.

O livre-arbítrio é a liberdade da vontade? Capricho? Cálculo ou não passa de uma ilusão?
É o dom de podermos escolher o próximo passo, o caminho a seguir, a porta certa/errada?
Ou não será preferível a tirania divina? Ditadura imposta pelo karma da lotaria natural? Hmmm… Pois é... Eis a questão?

Porque isto do livre-arbítrio tem muito que se lhe diga. Só sei uma coisa. Determinismo e cabala á parte: O livre arbítrio é fodi@#*


1 Vizinho(s) mais amarelo(s):

alguém+ neste mar de gente disse...

o livre arbitrio às vezes é mesmo bem fdd... as decisões importantes caberem a nós tomar é uma grande responsabilidade! o mau acontece quando erramos...