A porta

Ontem no meio de uma estação de metro encontrei uma porta. Uma porta aberta, vinda do nada, ali no meio do corredor. Em cima, a letras grandes podia ler-se: "Quem passar por esta porta vai ter um dia fantástico!"
Eu ia a cantarolar ao som do grupo que estava ali a fazer animação, ia entusiasmada com a tarde que me esperava quando dei de caras com a tal porta. Mais à frente uma rapariga estava a filmar. Enquanto caminhava fiquei a observar. Incrível como as pessoas se afastavam, com medo de passar por aquela porta. Uma simples porta. Todos fugiam! Amontoavam-se nos lados, para não passar perto dela. O centro estava quase vazio.
Eu fui direitinha à porta. Passei para o outro lado, sem medo, sem problema algum com quem estava a ver. Engraçado como este pequeno gesto aumentou a minha energia! Eu queria ter um dia fantástico!! A miúda que filmava brindou-me com um enorme sorriso... Acho que mais ou menos do tamanho do meu! Segui o meu caminho.
Fiquei a pensar no medo que as pessoas têm de atravessar para o outro lado da porta que está mesmo ali à frente. No medo que têm de dar um passo. No medo que têm do desconhecido. Fiquei a pensar nas vezes em que também eu tive medo de passar por uma porta... Mas ontem não tive. E foi mesmo um dia fantástico!

2 Vizinho(s) mais amarelo(s):

ML disse...

É assim mesmo Pérola, dar um passo para o desconhecido com um belo sorriso nos lábios. :)

As pessoas cada vez mais estão fechadas no "seu mundinho", não arriscam, não se aventuram,... têm medo...

Poetic GIRL disse...

Ah eu sou destemida também! Temos mesmo que ser assim, não podemos viver desconfiados... bjs